Genomma lança segundo single do seu novo álbum

"A Terra sob Mim (Eu Sei)" fala sobre o pior estágio da depressão: a melancolia >>>


Já está no ar em todas as plataformas de streaming a música A Terra Sob Mim (Eu Sei), o segundo single do álbum Como Reverter a Entropia do Universo, que tem como tema principal a discussão aberta sobre a depressão.


Essa segunda faixa foi escrita para representar a pior fase da depressão segundo Felipe Schadt, vocalista e compositor da banda. "Eu a escrevi para falar do momento mais tenso que vivi na depressão: a melancolia", explica Schadt que salienta que ela, além de tudo é uma homenagem a Cibele Schadt, uma parente sua cometeu suicídio. "Essa música fala de um estágio de pura dor e que, em alguns casos, acaba com um desfecho muito ruim. Foi o que aconteceu com a minha prima. Ela não conseguiu suportar a dor".


Esse tema pesado dá à música o tom que a parte instrumental carrega com um piano marcante, acordes graves e um solo estridente que foi tocado apenas uma vez no período de gravações.


"O Felipe me pediu para eu me lembrar da fase que estive mal por causa da depressão e tentar transportar toda a dor para o solo", explica Jeckson Fernandes, guitarrista da Genomma. "Então ligamos a guitarra, me concentrei e toquei. O resultado tá na música, já que não gravamos outra vez", finaliza.


A banda promete que na sequência do lançamento da A Terra Sob Mim (Eu Sei) um Lyric Video será produzido e disponibilizado como forma de promoção da música. "Além disso, estamos trabalhando em um vídeo promo e em uma versão alternativa, a exemplo do que fizemos com Metade do Céu", conta Felipe.



#música #estreia #aterrasobmim #eusei #triste #CRAEDU #MudarOMundo

Faixa.png